EP Diabos à Solta

by Amor Cão

/
  • Streaming + Download

    Includes high-quality download in MP3, FLAC and more. Paying supporters also get unlimited streaming via the free Bandcamp app.

      name your price

     

1.
03:51
2.
03:42
3.
03:53
4.
5.
04:04

about

Amor Cão… Amor paixão, dedicado, intenso, dominante,
Uma força que nos move e supera barreiras, Vida.
A Natureza humana potenciada no seu mais intimo e no melhor de si,
Algo visceral que nos une por um bem maior.


Andreia Cardoso (voz)
Vasco Freitas (guitarra)
Claudio Pinto (baixo)
Ricardo Neves (bateria)

www.facebook.com/amorcao.banda
amorcao.banda@gmail.com
+351 966 654 241

credits

released March 15, 2015

Letras de Ricardo Neves
Musicas de Claudio Pinto (excepto "Sombra" de Vasco Freitas)

Captação, mistura e masterização: Pedro Madeira
Produção: Claudio Pinto
ArtWork: Ricardo Neves
Gravado em Fevereiro de 2015 no RockStudio em Almada.

tags

license

all rights reserved

about

Amor Cão

contact / help

Contact Amor Cão

Streaming and
Download help

Track Name: Sombra
SOMBRA

Longe na noite
Quem espera inocente
Baralha sentidos
Numa sombra que mente

Fiél e guerreiro
Simples, bom companheiro
Espera-se á espreita
Do amanhã prisioneiro

É um doce lugar
Negro como o luar
São diabos á solta
Vêm para ficar

Livres como voar
Sombra vem-me levar
Leva-me a acreditar
Mil viagens no mar

São diabos á solta
Gritados ás cores
Leves, todos iguais

São diabos á solta
Pintados ás cores
Leves, todos banais

São diabos á solta
Vestidos ás cores
Leves, todos fatais

Diabos á solta
Caminhos ás cores
Olha para onde vais
Track Name: És Mais
Ès Mais

Esconde o medo
Solta a sorte
Na viagem ecos ao luar
Fora da lei
Vagabundo, o mar

Tens sempre mais um dia
Mas tens sempre mais um dia

Vales o que queres valer
Neste jogo è sempre a doer
Cresce forte no meu ser
Vais ver, que

Tens sempre mais um dia
Mas tens sempre mais um dia

Sente a chama
Arde em ti
Vais ser mais, muito mais
Do que eu vi
3,2,1 que contas ao revés
Malditas chagas
Caiem a meus pés
És mais
És mais
És mais

Tens sempre mais um dia
Mas tens sempre mais um dia
Track Name: Vertigem
Vertigem

Quero o céu é fraca a glória
Dois são um mito na história
Troca o passo frágil laço
Luz incerta que abraço

Fica assim em sintonia
Leva o vento e traz-me um dia
Cruza o espaço, o infinito
Leve som amor maldito

Ser, sentir, lutar, suar
Rasgar o tempo, p’ra me encontrar
Rir, viver, chorar, morrer
De olhos abertos, Já posso ver

Quero o céu é fraca a glória
Dois são um mito na historia
Troca o passo frágil laço
Luz incerta que abraço

Fica assim em sintonia
Leva o vento e traz-me um dia
Cruza o espaço, o infinito
Leve som amor maldito

Posso mentir, gritar, voar
Calar o sonho, vertigem e mar
Em vão me dou, por mais que dê
Suor, sangue e lágrimas, ninguém vê

Vertigem atrai, como um só elemento
Desperta do sono, do silêncio ao tormento
A página vira, a história repete
È rara a promessa , de quem promete
Track Name: Plágios de Ti
PLÁGIOS DE TI

São feridas abertas
Que vivem aqui
Memórias despertas
São plágios de ti

Ah, vou ficar perto assim
Ah, vou lembrar-me de ti
No fim, plágios de ti

A dor não promete
Fazer-te sorrir
Sozinha procuro
O que o que há-de vir

Ah, vou ficar perto assim
Ah, vou lembrar-me de ti
No fim, plágios de ti

Deixei a promessa
De amar-te sem fim
Silêncio eterno
Levou-te de mim

Ah, vou ficar perto assim
Ah, vou lembrar-me de ti
No fim, plágios de ti
Track Name: Sem Chão
SEM CHÃO

À espera do tempo
P´ra lá do incerto
Linhas cruzadas
No chão entre aberto

Visão paranormal
Geral e casual
Cega e banal
Leal, irracional
Medicinal

Restos de um sonho
Sem chão
Um cão sem dono
Sem chão

Um ser inquieto
Da margem a ver
Uma luz ao fundo
Chegar e vencer

Um doce veneno
Vilão em segredo
Ficaste sem história
Criados do medo
Vivos para contar

Restos de um sonho
Sem chão
Um cão sem dono
Sem chão

Verdade e mentira
Aperta um senão
È chuva que molha
Já sabes que são
Nada te vai parar
Fazer-te ficar
Não vão fugir de ti
Nada te vai parar
Dizer e olhar
Não vão chorar por ti
(Não vão chorar por ti)
Talvez